Amst2015_0315.jpg
_DSF5310.jpg
Índia_Fev2013_0586.jpg
Butão_Fev2013_0008.jpg
Cuba_01286.jpg
_DSC4541.jpg
Amst2015_0315.jpg

Travel


SCROLL DOWN

Travel


Índia_Fev2013_0623-Editar.jpg

Retratar lugares exige muito mais do que bilhetes de viagem, passaportes e uma boa objetiva. É preciso ser subjetivo, é preciso que, ainda que de forma temporária, permitir-se ser um residente e, ao mesmo tempo, manter o olhar curioso e apaixonado de um viajante.

A fotografia de viagem é, talvez, o melhor tradutor da humanidade. Através de cultura, valores pessoais e paisagens locais, deve-se produzir imagens que façam sentido para um contexto global. É traduzir um local para qualquer idioma.

Para saber mais como adquirir as imagens em fineart, entre em contato conosco. 

Os olhos que buscam com pressa a destinação final da viagem, nunca podem conhecer o doce vagar. Florestas, rios e espetáculos maravilhosos. Toda a imensidão de cada ponto do caminho, estão fechados e ele.
— Hermann Hesse
_DSF5310.jpg

OPorto


OPORTO

OPorto


OPORTO

Já agora, eleita por 3 vezes Best European Destination® (2012, 2014, 2017), a Invicta exibe-se para todas as lentes, revelando o melhor da alma portuense.

Os Tripeiros fazem jus a sua fama e acolhem os visitantes com seu calão peculiar, um bom copo de vinho – Porto ou de mesa, todos excecionais – e a fartura já esperada.

Às suas construções que misturam o antigo com o novo e até mesmo o decadente, misturam-se Igrejas de profunda beleza, guindastes de profunda renovação, gaivotas de intenso bailado.

Porto é uma cidade viva, combina o antigo e o tecnológico, o rio e o mar, a efervescência e a calmaria, o brado e o sorriso. Existe um Porto para cada um se sentir em casa. 

Índia_Fev2013_0586.jpg

Índia


ALLAHABAD

Índia


ALLAHABAD

Narram as Puranas (antigas escrituras védicas) que, durante 12 dias e 12 noites, os Demônios perseguiram os Deuses na tentativa de lhes tomar a posse de um pote (khumb) contendo Amrit, o Néctar da Imortalidade. Durante a perseguição, de acordo com a mitologia hindu, quatro gotas do néctar caíram em diferentes lugares por onde passam importantes rios: em Allahabad a confluência de 3 rios, Ganges, Yamuna e Sarasvati (Sangam), Haridwar (Rio Ganges), Ujjain (Rio Shipra) e Nasik (Rio Godavari).

Assim, a cada 3 anos – num ciclo de 12 anos –, é celebrado um festival religioso em uma dessas cidades, cujo ápice da celebração é o banho no rio.  A cada 12 anos, a cidade de Allahabad recebe o Khumb Mela às margens do Sangam, na confluência dos rios Ganges, Yamuna e Saraswati. E, em 10 de fevereiro de 2013, completou-se a 12a vez do fechamento do ciclo de 12 anos, fazendo deste o Maha Khumb Mela (O Grande Khumb Mela) e deste dia o mais auspicioso para banhar-se nas águas sagradas do Sangam.

A peregrinação até o local submete aos fiéis a condições extremas, colocando em prova sua fé e revelando-lhes sua capacidade de resiliência e enorme devoção. 

Butão_Fev2013_0008.jpg

Buthan


BUTHAN

Buthan


BUTHAN

 

Felicidade Interna Bruta, ou FIB, é um fator que mede a felicidade de seus habitantes, com base em conceitos como preservação ambiental, saúde, educação, bem-estar psicológico, vitalidade da comunidade e boa governança, entre outros. A intenção era criar uma forma alternativa de medir a economia e o desenvolvimento do país, que levasse a felicidade dos cidadãos em conta. E é esse o conceito que colocou o Butão na rota de milhares de viajantes ávidos por uma experiência gratificante.

A “Terra do Dragão do Trovão” (significado de Butão, no idioma local), é um pequeno reino, cravado no meio dos Himalaias entre dois gigantes: China (ao norte) e Índia (ao sul). Com uma população de aproximadamente 800 mil habitantes, o Butão é um país que até pouco tempo atrás vivia em total isolamento do resto do mundo, devido ao difícil acesso e a falta de estradas, que só começaram a ser construídas na década de 60.

Por toda parte, pode-se ver pequenas bandeirolas coloridas contendo versos sagrados presas às árvores, pontes e postes. Acredita-se que, quando o vento sopra, a paz, a compaixão e a sabedoria se espalham por toda a região.

Cuba_01286.jpg

Cuba


LA HABANA

Cuba


LA HABANA

Uma profusão se cores, ritmos, sabores e aromas enche os olhos de quem se depara com uma Havana em transformação.
O sofrimento impingido à população durante todo o “Período Especial” e que se estendeu por anos de embargo econômico e, porque não dizer, isolamento social, não tirou dos cubanos o sorriso largo estampado nos rostos.

A musicalidade, os mojitos e daiquiris, o clima “caliente” talvez tenham sido a melhor forma de resistência dos cubanos às sanções que lhes foram impostas. Transformaram a decadência em charme, as dificuldades em cores, o suor em sabores. 

 

 
_DSC4541.jpg

Irlanda


DUBLIN

Irlanda


DUBLIN

O ritmo frenético de uma das maiores e mais antigas cidades da Europa, aquece o frio que paira pelas suas ruas. Uma metrópole culturalmente vibrante, situada às margens do Rio Liffey, com um passado cheio de história, mas que não deixou de evoluir com o passar do tempo – sem deixar de lado as tradições e o espírito jovial – fez com que a cidade fosse apelidada de Silicon Valley da Europa.

Dublin é a cidade de grandes festivais tradicionais, mas a festa mais popular é, sem dúvida, o Saint Patrick's Day – um dos padroeiros da Irlanda – comemorado no dia 17 de março. Famílias ou grupos de amigos, embalados por muita cerveja Guinness e Irish coffee, saem às ruas com os rostos pintados ou mesmo fantasiados em uma espécie de carnaval irlandês. Além dos desfiles escolares, "Bandas marciais", bonecos infláveis, teatro de rua, artistas circenses, shows e gincanas animam as ruas da cidade.

A Cidade natal da Banda U2 tem mais de mil pubs espalhados entre elegantes construções georgianas, praças, parques, teatros e prédios importantíssimos como a Trinity College.